Conheça os números do e-commerce em 2014 e veja as previsões para 2015

webshopersHá mais de 10 anos o relatório Webshoppers é divulgado semestralmente pela E-bit e traz de maneira detalhada diversos dados do nosso e-commerce, além de um perfil do consumidor.

Neste relatório, a informação mais importante é que as vendas de 2014 foram acima do esperado e isso é bom para todos os envolvidos com e-commerce; e ainda melhor, é a notícia de que, segundo o E-bit, o ano de 2015 deve terminar com um faturamento 20% maior. Ou seja, apesar de todo cenário conturbado, o e-commerce permanece em ascensão.

Confira abaixo alguns pontos interessantes que destacamos do relatório:

- As três categorias mais consumidas em sites internacionais são Moda e Acessórios, Eletrônicos e Informática, nesta ordem. A categoria líder apresenta 33% de participação das compras dos brasileiros em sites internacionais e 52% nos sites exclusivamente chineses.

- O índice NPS (Net Promoter Score) apresentou bom resultado no ano, iniciando com 49% em janeiro e terminando em 57% em dezembro. O ápice foi de 63% em setembro e novembro, e a queda no último mês pode se justificar pelo aumento na quantidade de pedidos, no período de compras do Natal.

- O valor estimado das compras feitas por brasileiros em sites internacionais, em 2014, é de R$ 6,6 bilhões, que equivale a 18% do total de faturamento dos sites brasileiros de e-commerce.

Importante destacar que a Black Friday representou 20% do total de vendas de 2014. Segundo a E-bit, este é um número recorde desde o ano de 2011. Esse dado reforça a importância das lojas virtuais aderirem a Black Friday sempre de maneira verdadeira, com descontos e ofertas reais. Outro ponto positivo é que a expectativa do tíquete médio aumente cerca de 16% em relação ao passado, chegando a atingir R$ 437. Um aumento para o número de pedidos também é esperado, a estimativa é que fique 19% maior com relação ao ano de 2014.

Outro dado interessante é que o número de pessoas que aderem ao comércio eletrônico não para de crescer. Segundo a E-bit, no Brasil, o número de pessoas que já realizaram alguma compra online chega a 61,6 milhões e a média é de duas compras por ano. E aqui o desafio de todo lojista é incentivar o seu comprador a aumentar essa média.

O relatório também traz uma importante visão sobre o chamado “m-commerce”, dados que apontam o crescimento nesse setor, bem como um perfil bem completo do consumidor que prefere adquirir produtos através dessa modalidade.

Recomendamos a leitura do relatório completo. Para fazer download do relatório Webshoppers 2015, basta CLICAR AQUI.